fbpx

5 DICAS PARA GRAVAR SEUS PRÓPRIOS VÍDEOS

5 DICAS PARA GRAVAR SEUS PRÓPRIOS VÍDEOS

Quer gravar seus próprios vídeos? Pode ser um vlog pra postar no youtube, ou um registro das suas férias, ou quem sabe um trabalho para a escola/faculdade. Confira abaixo 5 dicas dadas pelo fotógrafo Leandro Gulin, da produtora Fauno Filmes:

1) CONHEÇA A SUA AUDIÊNCIA

Quem é seu público-alvo? É muito importante conhecer sua audiência, para adequar sua linguagem em relação à dela”, explica. E não estamos falando apenas de texto: a “linguagem” do vídeo inclui o cenário, o tipo de corte, as roupas que você vai usar, a iluminação…

2) SE QUISER MAIS QUALIDADE, INVISTA EM UMA CÂMERA

Por melhores que estejam as câmeras dos celulares atuais, elas têm uma grande limitação em relação às câmeras digitais: a lente”. Se for um videozinho simples, para a família ou os amigos, o celular deve resolver; agora, se você quiser conseguir imagens mais detalhadas, ou fazer enquadramentos maiores, é bom procurar uma câmera digital em que dê pra trocar as lentes!

Apesar de já existirem lentes especiais que podem ser acopladas no celular, ainda são caras e pouco práticas”, ressalta Leandro.

3) CUIDE BEM DO SOM

As pessoas normalmente não dão tanta importância para o som, mas é muito melhor ver um filme com fotografia ruim e com o som bom, do que um filme lindo com o áudio ruim.” Se você estiver perto da câmera, um microfone simples (daqueles que você conecta e ficam em cima dela) dá conta do recado; se estiver longe, use um microfone de lapela pequeno. Faz toda a diferença do mundo no fim das contas!

4) MUITA ATENÇÃO À LUZ

De onde está vindo a luz principal? Luzes de preenchimento? Cuide com as sombras que essas fontes possam gerar sobre a cena.” Os nossos olhos, compara, são “as melhores lentes já criadas”, então são confiáveis pra saber se a luz da cena está boa. Ele lembra que, como as câmeras (mesmo as melhores) não são tão precisas quanto nossos olhos, é importante checar a cena também através do visor!

5) SAIBA O QUE CORTAR NA EDIÇÃO

Os programas de edição gratuitos mais “famosos” são o Movie Maker (Windows) e o iMovie (Mac), e uma de suas principais funções é ajudar a “cortar” os vídeos: tirar trechos desnecessários, ou escolher a versão de uma cena que ficou melhor gravada, por exemplo. Deixe apenas o que interessa, porque as pessoas perdem o foco muito rápido, e “qualquer motivo que você dê a elas para clicar no próximo vídeo ou aba do navegador, elas vão clicar.

 Autor: Guilherme de Souza – Linkedin

Deixe seu comentário

Você acaba de ganhar 10% de desconto!
Para aproveitar, basta preencher os campos abaixo:
*Cupom não cumulativo, válido exclusivamente para novos alunos.
close-link